É um distúrbio nervoso que provoca uma dor lancinante na região do rosto por onde passa o Trigêmeo.

   Este nervo chama-se Trigêmeo pois  apresenta  3 ramificações: Ramo Oftálmico(inerva região superior da cabeça), Ramo Maxilar (inerva região do meio da face )e Ramo Mandibular ( inerva região mais abaixo do rosto).

   Tal distúrbio causa dores repentinas e intensas em um lado do rosto ,comparada com choques dolorosos,intensos e incapacitantes que podem durar segundos ,minutos ou até horas.

    É mais comum em pessoas de meia idade e idosos , com maior incidência nas mulheres.

   A causa mais comum é  quando um vaso sanguíneo comprime o nervo Trigêmeo dentro do crânio fazendo com que a pressão  no nervo leve  à dor.

Outras causas: traumatismos, esclerose múltiplas, tumores,infecções virais …

   Na maior parte das vezes, a dor é RELACIONADA  a um problema  dentário, o que está longe de ser comprovado.Por isso a procura  primeiro ao Dentista.

  O tratamento mais utilizado é o medicamentoso que não cura mas apenas trata os sintomas e caso este não surta efeito  intervenções podem ser feitas como: Compressão por balão, Microdescompressão vascular ,Procedimentos com agulha,Alcoolização,Rizotomia sensitiva. O procedimento cirúrgico aberto é mais eficiente e preserva a sensibilidade do rosto mas existem algumas contra – indicações.

     Caso sinta dores muito fortes e persistentes no rosto, procure algum desses especialistas: neurologista, oftalmologista, reumatologista, dentista ou otorrinolaringologista

      Os esclarecimentos deste texto têm apenas a intenção de informar, não pretendendo, de forma alguma, substituir as orientações de um especialista ou servir como recomendação para qualquer tipo de tratamento.

                                                Claudio Nunes Matos

                     Cirurgião dentista especialista em endodontia

                                                        CRO/RS6440