Colaboradora: DRA. ALINE GRANGEIRO PILGER

Outro apetrecho fundamental para uma boa saúde bucal é o fio ou fita dental. A diferença entre eles é a largura e a escolha é muito pessoal, o importante é que seja de boa qualidade, pois fios irregulares tendem a trancar nos dentes e a desfiar, o que cria um desconforto na hora do uso, o que acaba desestimulando o usuário. O fio deve ser passado entre os dentes, em esticado, para que faça às vezes de um raspador, acompanhando o contorno do dente. Peça ao seu dentista uma orientação sobre o correto uso do fio dental.Também existem fios dentais especiais para usuários de aparelhos ortodônticos, cuja extremidade apresenta um passa fio, ou existem passa -fios que podem ser adquiridos para o uso com um fio tradicional. Ele deve ser usado diariamente, pois é o único instrumento capaz de limpar as superfícies entre os dentes, onde a escova sozinha não alcança.
Temos também à disposição as escovas interdentais, que podem ser utilizadas por usuários de aparelhos, pacientes com doença gengival e pessoas que tem espaços grandes entre os dentes e que auxiliam muito no controle do tártaro. Elas são vendidas em vários tamanhos e parecem com escovas para limpeza de mamadeiras.
Hoje em dia a preocupação com a imagem pessoal e com um bom hálito é primordial e descobriu-se que a língua tem um papel importante no que diz respeito a esta questão, pois ela é formada por papilas que retêm muitos resíduos de alimentos. Bactérias acabam acumulando no local também e formam a saburra, que confere o gosto ruim e o mau hálito. Existem limpadores de língua, de vários modelos e tamanhos, que devem ser usados diariamente.
Como se vê, opções são muitas, converse com o seu dentista e monte seu arsenal de limpeza, pois seu sorriso agradecerá!

Dra. Aline Grangeiro Pilger
Cirurgiã-dentista CRO 9239